• Rubén Martins

5 Dicas de defesa pessoal

Começamos este post te dando 5 dicas simples e eficientes de Defesa Pessoal para se proteger e conhecer algumas técnicas aprendidas nas aulas de Defesa Pessoal. Existem várias formas possíveis de ataques que você pode sofrer a qualquer momento.

Para iniciar as 5 dicas de Defesa Pessoal

Primeiramente guarde na memória as regiões mais sensíveis do corpo humano para que você possa se lembrar na hora que precisar. Não importa a altura ou peso do seu agressor, mesmo que ele seja mais forte do que você o principal vai ser a técnica, a forma que você irá atingi-lo.


1.- Não tente se distanciar

Caso o agressor segure seu braço não tente se distanciar puxando seu braço na direção oposta, pois o mesmo já espera que essa seja a sua reação. Para que você possa ganhar tempo na sua próxima ação e não machucar o seu braço faça exatamente o contrário. Como fazer: se aproxime do agressor e tente torcer o braço, ou fazer força para derrubá-lo , dessa forma ele ficará desorientado e você ganha tempo.


2.- Lembre-se dos pontos vulneráveis do agressor

Tente memorizar as regiões mais sensíveis o máximo que puder, são elas: olhos, nariz, garganta, plexo solar, virilha e joelho, para obter êxito no seu contra ataque e agir da forma correta. Além disso, ideal é que você atinja esses pontos vulneráveis com o punho fechado. Dessa forma, feche o punho corretamente, a posição melhor para o seu dedão é abaixo dos seus dedos, de forma que ele fique protegido do soco com a parte lateral da mão ou com a base da mesma. Assim como, se possível uma boa técnica é atingir o nariz do agressor com a palma da mão aberta. Com essa ação isso pode causar dor no mesmo e te dá a oportunidade de fugir .


3.-Use seu cotovelo e joelho

Nosso cotovelo e nosso joelho tem uma estrutura óssea forte e firme , neste caso se o agressor tentar te atingir no rosto você pode utilizar o cotovelo para se defender. Dessa forma, coloque as mãos atrás da cabeça , coloque os cotovelos para frente e encoste um no outro, após esta posição tente empurrar o indivíduo, ou utilize o cotovelo em seu estômago ou tórax. Caso esteja de frente com o mesmo use o joelho para atingir suas partes genitais, ou na coxa. Esses movimentos deixam o agressor enfraquecido pela dor e impossibilita que o mesmo faça movimentos fortes.


4.-Cuidado com ataques por trás

Caso o agressor tente chegar por trás de você para atacar, se agache de forma rápida e vire seu quadril para o lado, ataque suas partes genitais com a palma da mão aberta, isso te ajudará.


5.- Ataque Lateral

Geralmente essa técnica é utilizada quando o agressor te ataca com um golpe lateral ou uma arma branca. O que fazer nesse caso: levante o braço do mesmo lado em que esta para receber o golpe, mantenha o cotovelo flexionado e dedos abertos , com a outra mão feche o punho e ataque com um soco em uma das regiões vulneráveis da parte de cima do corpo do indivíduo, parte da cabeça (queixo, nariz, garganta, entre outros). Nesse meio tempo, isso fará ele se distanciar te dando a chance de fuga ou de contra atacar com mais golpes de imobilização. Lembre-se que a intenção é imobilizar o seu adversário somente em situações de risco, buscando sua proteção e autocontrole.

Por fim, é importante investir no treinamento correto de técnicas de defesa pessoal. As técnicas são de suma importância para a sua vida, auxiliando não somente na sua proteção diária como na sua saúde física e mental, te proporcionando uma melhor qualidade de vida.


Fonte: dionesiomariosi

122 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo