• Rubén Martins

A história da lendária AK-47

O AK-47, ou AK como é oficialmente conhecida (russo: Автома́т Кала́шникова, tr. Avtomát Kaláshnikova), também conhecida como Kalashnikov, é um fuzil de assalto de calibre 7,62x39mm criado em 1947 por Mikhail Kalashnikov e produzido na União Soviética pela indústria estatal IZH. É a arma de fogo originária da família de fuzis Kalashnikov (ou "AK").

O trabalho de design na AK-47 começou em 1945. Em 1946, o AK-47 foi apresentado para testes militares oficiais e, em 1948, a versão de estoque fixo foi introduzida no serviço ativo com unidades selecionadas do Exército Soviético. Um dos primeiros desenvolvimentos do design foi o AKS (S-Skladnoy ou "dobrável"), que foi equipado com um estoque de metal de subcobertura. No início de 1949, o AK-47 foi oficialmente aceito pelas Forças Armadas Soviéticas e usado pela maioria dos Estados membros do Pacto de Varsóvia.

Mesmo depois de quase sete décadas, o modelo e suas variantes continuam sendo os fuzis de assalto mais populares e amplamente usados no mundo devido à sua grande confiabilidade em condições adversas, baixos custos de produção comparados às armas ocidentais contemporâneas, disponibilidade em praticamente todas as regiões geográficas e a facilidade no uso. O AK-47 foi fabricado em muitos países e tem atendido a forças armadas, bem como forças irregulares e insurgências em todo o mundo, e serviu de base para o desenvolvimento de muitos outros tipos de armas de fogo individuais, tripuladas e especializadas. Em 2004, "Das estimadas 500 milhões de armas de fogo em todo o mundo, aproximadamente 100 milhões pertencem à família Kalashnikov, três quartos dessas são AK-47".[5] Como armas do tipo AK foram feitas em muitos países, muitas vezes ilicitamente, é impossível saber quantas realmente existem


Fonte: Wikipédia

Acesse: www.falconarmas.com.br

www.falconarmasdefogo.com.br

4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo