• Rubén Martins

Cães de guarda: 20 raças para você escolher

Quando se fala em raças de cães de guarda, logo se imagina aquele cachorro grande e imponente, com mandíbulas fortes e temperamento agressivo. É verdade que cães grandes podem assustar, mas nem sempre raças maiores são as melhores como cães de guarda. Os pequenos também são eficientes, especialmente no quesito alarme. E cão de guarda médio porte também tem seu valor!

Veja a seguir uma lista com as 20 melhores raças de cães de guarda. Elas não estão listadas seguindo uma ordem de classificação.


Pastor alemão


Forte, ágil e muscular, o pastor alemão é um ótimo cão de guarda. Também é uma raça grande, podendo pesar até 45 kg, o que por si só já vai fazer um potencial intruso pensar duas vezes. Mas o que o torna mesmo uma das melhores raças de cães de guarda é sua personalidade territorial. Bastante protetor, o pastor alemão vai cuidar de sua família com unhas e dentes.


Rottweiler


Assim como o pastor alemão, a característica mais marcante do rottweiler é seu porte. Robusto e musculoso, assusta qualquer um. Muitos acreditam erroneamente que é uma raça extremamente agressiva. E, embora ele fique bastante violento quando sente que é necessário atacar, com o treino e adestramento adequados é um cão bastante leal e confiável.


Fila brasileiro


A raça fila brasileiro é resultado de uma série de cruzamentos feitos justamente para torná-la ideal para caça e guarda. Além disso, como pode ter até 70 cm de altura, é literalmente um gigante na hora de defender sua família, por quem tem um sentimento de lealdade bastante feroz.


Dogue alemão


Outro gigante, o dogue alemão é uma das raças mais altas do mundo. Ele pode chegar a ter até 85 cm de altura (quase um metro!). Mas quem conhece o dogue alemão sabe que ele é só tamanho. Sua personalidade dócil e divertida o torna um ótimo companheiro. E é por isso mesmo que ele figura entre uma das melhores raças de cães de guarda, pois não vai hesitar em proteger sua família.


Bullmastiff


O bullmastiff tem um porte forte e musculoso. Resultado da cruza entre o buldogue e o mastim, a raça é perfeita para quem quer um cão de guarda noturno, pois ele é silencioso e tem olfato e audição bem apurados.


Pastor belga


Assim como seu primo, o pastor alemão, o pastor belga é uma raça grande, rápida e musculosa. Como é muito inteligente, é bastante usado em atividades de busca, farejamento, resgate e outras. Mas o que faz dele um bom segurança é sua territorialidade. Bastante ágil e leve, ele pode saltar grandes alturas e correr em alta velocidade. Por isso, qualquer invasor vai pensar duas vezes antes de se meter com ele.


Dogo argentino


O porte do dogo argentino lembra um pouco o do pit bull. Compacto, robusto e muito musculoso, o dogo é extremamente resistente. Seu espíritocaçador e territorialista o torna uma ótima opção para quem quer proteger suapropriedade.


Doberman


Ao contrário do que se acreditava, que a raça não era esperta por ser agressiva, o doberman é, na verdade, uma das raças mais inteligentes. Além de fiel e protetor, é um cachorro extremamente astuto. Mas é importante socializá-lo desde cedo, pois sua superproteção pode ser um pouco excessiva, e ele pode acabar atacando seus amigos e família.


Terra nova


O terra nova não é um dos cães mais agressivos, já que é um amor de “pessoa”. Por isso, ele não tem um instinto defensivo tão forte, devendo ser treinado para que seja mais eficaz como cão de guarda. Vale a pena, porque é um cão extremamente protetor.


Boxer


O boxer é um cachorro de lua. A personalidade dele não é tão padrão. Pode acontecer de uma pessoa ter um boxer bastante amável e dado, e outra ter um exemplar da raça bastante agressivo e com cara de poucos amigos. Para que ele seja um bom cão de guarda, é preciso treiná-lo. Mas seu tamanho e porte já são bastante intimidadores e, portanto, isso já o destaca como um bom segurança para sua casa.


Akita


O akita é uma ótima opção para quem está pesquisando raças de cães de guarda. Silencioso, observador, territorial e caçador, ele estuda a vítima antes de dar o golpe final. Por isso é um ótimo segurança noturno. Além disso, é superprotetor com relação à família. O que é bom e desafiador ao mesmo tempo, pois ele vai precisar de treinos de socialização para conviver bem com os amigos da família.


Boiadeiro australiano


Embora não seja uma raça de grande porte, o boiadeiro australiano é bastante leve e ágil. E além de ser uma raça bastante corajosa e obediente, é inteligente e muito independente. Como é bastante usado na vigilância do gado, o boiadeiro australiano é uma ótima opção para quem quer ter sua propriedade bem guardada.


Cão da serra da estrela


O cão da serra da estrela vem de uma família canina nascida nas montanhas. É uma das maiores raças do mundo. E os exemplares de pelagem branca até parecem o dragão do filme A história sem fim. Apesar de ser extremamente meigo e dócil com seus tutores, é extremamente desconfiado, reservado e territorial quando se trata de estranhos.


Mastim tibetano


Bastante apegado à família, o mastim tibetano é um companheiro fiel, amável e dócil. Mas também é muito independente e desconfia naturalmente de estranhos. No entanto, como apresenta um temperamento bem teimoso, os treinos de obediência precisam ser iniciados quando ainda filhote.


Dogo canário


Considerado o melhor cão de guarda do mundo, o dogo canário tem uma série de características que o tornam uma ótima opção para quem quer ter um segurança particular em casa. A raça é forte, muito territorialista, confiante, musculosa, com boca grande e uma mordida extremamente forte. Mas, como tem uma personalidade intensa, é recomendável que ele receba treinamento de obediência desde cedo, para que seu tutor estabeleça a liderança.


Cane corso


O porte forte, alto e musculoso do cane corso já o qualificam para ser um ótimo cão de guarda. Mas não é só o porte que faz dele uma boa opção. A raça é bastante inteligente e é altamente adestrável. Por isso é usada para caça de animais grandes e pastoreio. Além disso, também é companheiro e leal, sendo um grande protetor da família.


Pit bull


Resultado da cruza entre o bull terrier, o american staffordshire terrier e o bulldog, o pit bull é conhecido como uma das raças mais agressivas do mundo. E, de fato, se não tiver treinamento e adestramento adequados e sofrer maus tratos, a raça apresentará um comportamento indócil e violento. Mas se tratado de maneira adequada, o pit bull apresenta uma personalidade bastante gentil, leal, companheira e protetora. Porém, o que faz dele um excelente cão de guarda mesmo é seu territorialismo, mordida extremamente forte e porte musculoso.


American staffordshire terrier


Parecido com seu descendente, o pit bull, o american staffordshire terrier é também bastante musculoso e tem uma das mordidas mais fortes entre os caninos. E por isso mesmo, é garantia de manter os intrusos longe da sua casa. Mas embora seja forte e agressivo com estranhos, é dócil e companheiro, uma companhia perfeita para a família.


Rhodesian ridgeback


Embora seja bastante inteligente, grande, determinado e protetor, o rhodesian ridgeback é dócil e, pode-se dizer, até mesmo oferecido. E embora seja corajoso e tenha um instinto de proteção aguçado, precisa de treinamento para que se torne um cão de guarda mais eficaz.


Bull terrier


E por último, mas não menos importante, temos o bull terrier. Apesar de não ser uma raça grande e muito musculosa, é vigorosa e muito ativa. Sua lealdade e amor à família e ao tutor o tornam uma raça bem protetora e territorialista. Mas ele precisa de adestramento e socialização, pois pode apresentar alguma agressividade, principalmente com pessoas estranhas.

22 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo